Filosofia & Bolachas



Abaixo com a cultura! Viva o Daniel!


Mandem-Me Mail, Sacanas!
ou então, falem comigo no AOLIM: DivineComedian42 Arquivos
(onde guardo os meus velhos posts)

Livros recentemente lidos:
"Fraeulein Else", Arthur Schnitzler
"The Complete Works Of Oscar Wilde" (em passo lento, em alternância com outras leituras)
"Sermões Escolhidos", Padre António Vieira
"Poesia Lírica", Luís De Camões
"Teatro De Gil Vincente"

Blogs (em língua Portugesa)
A Buzina Do Meu Carro É Ridícula
bisturi
Nocturno '76
bomba inteligente
Diário De Bordo-Inépcia
Filhos de Viriato
O Blog Da Papoila
deslizar no sonho
respirar o mesmo ar
doendes & duentes
sushi com colera
Cá & Lá
Contre Le Sexisme
Levante
Barnabé
Ginger Ale
Blog De Esquerda II

Blogs (em língua Iglesa)
If Then Else
Mental Fog Box
Hipster Detritus
Freezing To Death In The Nuclear Bunker
I Held Her In My Arms
radio free narnia
NYLPM
Sick & Tired Of Watching Shite

Publicações abençoadas com a minha escrita:
Hip-Hop Nation
A Puta Da Subjectividade
CultureDose

Links:
Fórum PTWeblogs
ILX
Seanbaby
X-Entertainment
I HATE MUSIC
Your Favourite Band Sucks
Robert Christgau
Inépcia This page is powered by Blogger. Isn't yours?

quinta-feira, dezembro 18, 2003
 
Parto hoje para a Alemanha. Não esperem muitos updates durante as próximas duas semanas.


quarta-feira, dezembro 17, 2003
 
Ontem o John contou-me que teve o seguinte sonho:

- Estava num bar. Tu também estavas lá, num canto, a falar com uma miúda gira, e era óbvio que estavam a flirtar. O "The Eighties" do David Fonseca estava a tocar, e vocês estavam a dançar, mas não era bem dançar, era muito desajeitado e tímido para isso. Aparentemente repugnado com isto, dirigi-me na vossa direcção e gritei "NÂO!" A música parou imediatamente e tu ficaste a olhar para mim zangado, como se fosse culpa minha. Depois começou a tocar uma outra música, algo espécie mid-nineties, um bocadinho Indie, com montes de violas. Foi então que perguntei à miúda "Sabes o que é uma boa dança para fazer com esta música? Abanar o rabo!" Então ela começou logo a abanar mesmo o rabo, e eu comecei a fazê-lo também. Ficaste especado com um olhar de pura fúria na minha direcção, mas eu respondi que apenas estava a dançar e que não havia razão para ficares zangado. Disse-te para te acalmares e fomos para fora do bar.

O ambiente lá fora parecia ser o de uma quinta, com galinhas e porcos e tudo isso. Ainda estavas zangado, por isso dei-te um prato com comida chinesa e disse-te "olha, está lá a Avril Lavigne, dá lhe um bocadinho da tua comida chinesa. Aproximaste-te dela e ela estava sentada a tentar atrair um pinto. Perguntaste-lhe se ela queria um bocadinho de comida chinesa; ela virou-se para ti e disse "isto não vai saber a cu, vai?" Tu respondeste que claro que não, e ela pegou num bocadinho de carne e provou-la. "Pois, sabe mesmo a cu" disse ela, o que fez com que eu soltasse um grito de alegria, porque por alguma razão isto foi um grande momento de triunfo para mim."

Agora, digam-me lá: um homem pode confiar em "amigos" destes? Indivíduos que, nos seus sonhos, nos roubam as miúdas com maneiras ordinárias ("Abanar o rabo", indeed) e depois nos põem a tentar coisas com estrelas rock irritantes e pouco atractivas, só para a seguir fazerem festa quando isto não resulta porque a comida que nos deram não sabe bem?? Não me parece!